terça-feira, 13 de maio de 2014

Vinho em lata chega ao Brasil


Direto da Itália, especificamente da Emilia-Romagna, o vinho Cinque, vendido em lata, já está a venda no site, no varejo e em algumas casas noturnas

 
Praticidade, elegância, estilo e sabor impecável são os diferenciais do Vino Cinque, o primeiro espumante italiano em lata comercializado no Brasil que já está a venda no site com desconto de 15% no primeiro mês mediante a utilização do código CINQUESING15. Cinque é um vinho com selo IGT - Indicazione Geografica Típica. Isso significa que é produzido em uma única região da Itália - a Emilia-Romagna - sob condições muito específicas. Isso garante a procedência do vinho e que nele sejam utilizados apenas as uvas e processos rigidamente controlados. É versátil, refrescante e saboroso, adequado a qualquer situação.

Para sua produção, os enólogos italianos conduziram longas degustações, buscando o equilíbrio ideal, e assim conferiram ao Cinque uma intensa refrescância - que se transformou na alma do produto. É o resultado de um corte delicado de nobres uvas viníferas europeias - tais como Trebbiano, Malvasia e toques de outras uvas viniferas aromaticas "lavorato in bianco" - colhidas nas belas vinícolas da região localizada entre Parma e Bologna.
Cinque é feito para ser tomado jovem, o que permite que sua leveza seja realçada. Seu paladar é frutado, no qual se sobressaem, em especial, os toques cítricos. Apresenta delicadas borbulhas (perlage), marca registrada dos frizzanti. Percebe-se também seu sabor levemente adocicado, resultado natural de seu processo de vinificação. Tem baixo teor alcoólico, que permite que seja degustado com paixão e liberdade.

Por ser descomplicado e prático, cabe em qualquer situação - casa, praia, parque, piscina, montanha. Acompanha muito bem pratos leves, tais como saladas, grelhados e frutos do mar. Vai bem também com massas caseiras e até com uma pizza. É para se tomar muito gelado por isso vem com um termômetro na latinha que, quando estiver azul, indica que está no ponto certo. 

Vinho em lata?

Segundo dizem, a lata de alumínio é a embalagem de vinho que mais cresce no mundo. Conta-se que esse novo formato é prático, moderno e adequado para qualquer ocasião - tudo isso sem perder os atributos essenciais para preservar um bom vinho, como o isolamento com o ambiente externo e a vedação à entrada de luz.

É fácil de gelar: um termômetro na lateral fica azul quando a temperatura estiver "no ponto". É também fácil de transportar: é muito mais resistente e prática de carregar do que uma garrafa de vidro. É de fácil consumo: é só abrir e tomar, sem necessidade de acessórios. E é na medida certa: o conteúdo equivale a duas taças de champagne (flûte).

Produzida em Recklinghausen, Alemanha, a lata de Cinque traz diversas inovações. Internamente, foi tratada com uma dupla camada de um verniz especial para a proteção do vinho, que impede qualquer interação do líquido com o metal. Por fora, recebeu a delicada pintura "soft touch", que conferiu um toque sofisticado e único à embalagem. Por fim, seu formato slim de 200ml é exclusivo para o mundo do vinho.

A lata de Cinque reflete também uma especial preocupação com a sustentabilidade. A reciclagem do alumínio é muito mais rápida e fácil do que a reciclagem do vidro, além de poder ser feita infinitamente sem perda de qualidade. No Brasil, por exemplo, 96% das latas de alumínio vão para reciclagem, enquanto apenas 47% do vidro segue esse fim. Além disso, o transporte do vinho em latas emite 50% menos CO2 do que o transporte do vinho em garrafas de vidro equivalentes, visto que é muito mais leve e compacta. Isso faz de Cinque um produto de consumo ecologicamente consciente.

 
A Emilia-Romagna:
 

A Emilia-Romagna é uma região no centro-norte da Itália, com um longo histórico de produção de clássicos vinhos, em especial o Frizzante. Além de ser a casa de Cinque, lá surgiram grandes ícones italianos reconhecidos em todo o mundo. Na gastronomia, os famosos queijos Parmigiano Reggiano e Grana Padano, o Prosciutto Parma, os Cappelletti e o Aceto Balsamico di Modena. Ficam lá também as fábricas da Scuderia Ferrari, Lamborghini, Maserati e Ducati. Nas artes, dali surgiram os grandes Federico Fellini e Giuseppe Verdi. Além de abrigar a primeira universidade do mundo: a Università di Bologna.
Na Emilia-Romanga nasce Cinque. Reuniu toda a tradição gastronômica e cultural dessa região, a herança de cinco famílias produtoras de vinho artesal cujas menções históricas remontam a 1905, e misturou-as a uma concepção moderna de vinho em uma embalagem inovadora. É expressão moderna da alma italiana.
Pela rigorosa lei italiana de pureza do vinho, Cinque somente pode ser produzido a partir de uvas cultivadas na região que compreende as províncias de Ferrara, Modena, Parma, Piacenza, Reggio Emilia e na margem esquerda do rio Sillaro, em Bologna. 
 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário