segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Luar do Pampa Rosé 2018 Cabernet Sauvignon e Tempranillo - fresco como o vento Minuano!


Vinho Rosé é uma delícia! E nestes dias mais quentes passa a ser uma das melhores opções seja para ser degustado sozinho ou – como coringa que é – harmonizado com diversos pratos. A dica da semana é do Luar do Pampa Rosé 2018 Cabernet Sauvignon e Tempranillo, um corte destas duas castas, elaborado pela Vinícola Guatambu, na campanha gaúcha em Dom Pedrito! 

Leve, frutado ótima acidez e cor exuberante resumem este vinho. Possui brilhante coloração rosa salmonada e traz aromas de morangos, cereja, pêssego e toque floral. Na boca é fresco, vibrante, agradável e muito fácil de beber. Possui boa acidez o que acaricia o alimento auxiliando na combinação com comida. Temperatura Ideal 6 a 8°C.

Harmoniza com frutos do mar, carne de frango na chapa, pizzas, risotos, paella e pratos da culinária japonesa.

Possui 13% de graduação alcoólica e o ideal é ser consumido na temperatura de 6 a 8oC.

Você encontra os vinhos da Guatambu na Wein Haus, loja especializada em vinhos, localizada na Rua João Pessoa 895, Santa Cruz do Sul, fone (51) 3711.3665 e site www.weinhaus.com.br

E lembre-se: se beber, NÃO DIRIJA!     

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

ABE elege Daniel Salvador como novo presidente



Conheci o Daniel Salvador em 2012 lá em sua vinícola, em Flores da Cunha/RS, a Salvatore, numa incursão da imprensa nos vinhos de Altos Montes. Jovem, dinâmico, entusiasta e apaixonado pelo mundo do vinho. Sua indicação para assumir a ABE já era comentada nos bastidores há algum tempo e fico feliz de ver uma jovem diretoria também o acompanhando neste desafio!  


O enólogo Daniel Salvador assume a presidência da Associação Brasileira de Enologia no exercício 2019-2020. Eleito por unanimidade em Assembleia Geral realizada na noite desta quarta-feira, 5 de dezembro, Salvador substituirá Edegar Scortegagna a partir de 1º de janeiro. Cerca de 40 associados participaram da votação que aconteceu no Centro de Eventos Pinot Noir, no Dall’Onder Grande Hotel, em Bento Gonçalves.

Enólogo proprietário da Vinícola Salvatore, de Flores da Cunha, o jovem presidente pretende dar continuidade às ações da ABE, reforçando o papel da entidade de seguir oportunizando a qualificação dos associados. Para alcançar os objetivos propostos, Salvador contará com o apoio de outros 15 enólogos que, junto com ele, formam a nova diretoria da entidade. “Temos um plano focado no desenvolvimento de ações dirigidas aos associados e setor vitivinícola, mas estamos abertos a seguir inovando”, destaca o presidente eleito.

Em relação aos associados, a nova diretoria trabalhará sob três principais pilares: atualização, experiências e parcerias. Quanto ao setor vitivinícola a proposta se baseia na representação, eventos e desenvolvimento técnico. Outra iniciativa será o restabelecimento do planejamento estratégico. Daniel Salvador também é pós-graduado em Enologia pela UCS e em Gestão Empresarial pela UCS e FGV, além de ser sommelier. Antes da votação, o presidente Edegar Scortegagna, apresentou o relatório de atividades de 2018. Ao final, foi oferecido um jantar de confraternização.

DIRETORIA ABE GESTÃO 2019-2020

Presidente: Daniel Salvador
Vice-Presidente: André de Gasperin
1° Tesoureiro: Dario Crespi
2° Tesoureiro: Christian Bernardi
1º Secretária: Daiane A. Badalotti 
2ª Secretário: André Larentis
Diretor Social: Felipe Bebber
Diretor de Eventos: Ricardo Morari
Diretor de Eventos: Jurandir Nosini
Diretor de Degustação: Gilberto Simonaggio
Diretor de Degustação: Michel Zignani
Diretora Cultural: Bruna Cristofoli
Diretor Técnico em Viticultura: João Carlos Taffarel
Diretor Técnico em Viticultura: Bruno Motter
Diretor Técnico em Enologia: Edegar Scortegagna
Diretor Técnico em Enologia: Juliano Perin




O cordeiro com legumes na brasa e o molho pesto!



Nada pode ser mais saudável que carnes e legumes na brasa!

A churrasqueira já não é mais território exclusivo das carnes! Há muito tempo legumes, frutas e outros ingredientes dividem espaço e se acotovelam na grelha por um melhor lugar à brasa. O preparo deste conjunto de alimentos feitos diretamente no fogo oriundo da lenha e carvão traz um sabor todo especial aos ingredientes. E para se juntar a estes um belo molho pesto caseiro que traz refrescância e untuosidade aos elementos! Confira o preparo do Cordeiro com legumes na brasa e o molho pesto!


Ingredientes:
(para 4 pessoas)

1 paleta de cordeiro de cerca de 1,5 a 1,8kg
8 beterrabas
8 batatas inglesas brancas
Sal grosso
2 dentes de alho
1 xícara de chá de folhas de manjericão fresco.
2 colheres de sopa de castanha do Pará ou nozes
70 g de queijo parmesão ralado.
Meia xícara de chá de azeite de oliva
Pimenta do reino e sal à gosto.

Preparo:

Faça fogo na churrasqueira e utilize também lenha junto ao carvão. Enquanto a brasa se forma, coloque as beterrabas para ferver numa panela e as batatas em outra por cerca de 10 minutos. Escorra e lave em água fria para estancar o cozimento. Espete o cordeiro e também as batatas e beterrabas, cada qual no seu espeto. Leve o cordeiro ao fogo a média altura. Prepare os pesto colocando todos os ingredientes (alho, manjericão castanha, queijo, oliva, pimenta e sal) num liquidificador ou processador e bata até formar uma pasta. Reserve. Quando faltar uns 15 minutos para o cordeiro finalizar de assar, salgue este com sal grosso, leve as batatas e as beterrabas a brasa regadas com um fio de oliva e sal grosso. Retire o cordeiro quando estiver no ponto e sirva acompanhado dos legumes e do pesto!            



quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

A ópera dos sabores


No próximo dia 13 de dezembro o Restaurante Hilda G. de Santa Cruz do Sul estará realizando um belo jantar em detrimento de seu aniversário de 10 anos. Denominado “A ópera dos sabores” terá o cardápio montado em cima de cogumelos e erva-mate. Para tanto estarão presentes no evento Marcelo Sulzbacher, pesquisador e doutor em Micologia (que estuda estes fungos), palestrante regular em São Paulo, consultor de grandes chefs da gastronomia nacional e um apaixonado por cogumelos e Carla Sauerssig, de extenso currículo, participante do Mesa ao Vivo em São Paulo, megaevento da gastronomia brasileira promovido pela revista Prazeres da Mesa palestrando sobre a erva-mate além do chimarrão. E o cardápio? Ficará sob as rédeas da Fabi Grudzinski, chef do Hilda G. e terá: Entrada - manteiga perfumada com porcini,  manteiga de erva mate e laranjinha, geleia de amora com vinho do porto e pães;  Primeiro ato - dueto de bruschetas, ovos moles com trufas RS & creme de porcini com alho poró;  Segundo ato: espaguete envolto em sedoso creme de shitake ao perfume de lapsang souchong tea sobre cama de berinjelas tostadas e polvilhadas com chuva de pedra de nozes; Terceiro ato - lagarto recheado com linguiça e cogumelos, acompanhado de batatas ao murro com creme de cogumelo lactarius e gorgonzola; Quarto ato - chá com blend exclusivo "O Natal da Carla".

Não perca! Dia 13 de dezembro, 19:30h, Restaurante Hilga G., segundo piso do Hotel Charrua em Santa Cruz do Sul e reservas pelo fone 51. 3715. 6063, entre 18 e 23h.

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Leyda Pinot Noir Reserva 2017 - para todos os momentos!


A cada dia gosto mais dos vinhos elaborados com a uva Pinot Noir! Seu caráter fresco, frutado e jovem se encaixa bem em vários momentos e foge das tradicionais escolhas de vinhos mais estruturados e pesados. 

Os Pinots do Novo Mundo são os de melhor custo benefício com ótimos rótulos produzidos na Nova Zelândia, Brasil, Estados Unidos, Austrália e Chile. E o vinho desta semana vem deste país sul-americano, trata-se do Leyda Pinot Noir Reserva 2017 oriundo do Vale do Leyda no centro-sul produtor chileno.

Possui coloração rubi violáceo muito brilhante, lágrimas chorosas e médias. Logo ao ser desarrolhado percebe-se as notas de framboesa, morango e cereja em compota, mas também toque herbáceo com cipreste, orégano e funcho, notas defumadas e minerais. Boca sedutora, fresca, deliciosa com fruta macerada destacada, boa acidez e ampla persistência.

Combina bem com um monte de coisas, de churrasco a pizza.

Envelhece por 6 meses em barricas de carvalho francês.

Possui 13% de graduação alcoólica e o ideal é ser consumido na temperatura de 14 a 16oC.

Você encontra os vinhos Leyda na Wein Haus, loja especializada em vinhos, localizada na Rua João Pessoa 895, Santa Cruz do Sul, fone (51) 3711.3665 e site www.weinhaus.com.br

E lembre-se: se beber, NÃO DIRIJA!