quarta-feira, 4 de novembro de 2015

A nuca de porco ao forno



Do chiqueiro a panela. Quebre seu preconceito com relação a carne de porco!

A carne de suíno carrega consigo o estigma da alimentação e condições do criatório do porco. Na verdade, o ambiente onde vive o animal pouco importa para que a sua carne seja afetada de maneira anti-higiênica ou que a comprometa em sabor ou qualidade. Quem nunca se deliciou com cortes de carne de porco preto criado à base de milho, pasto e restos de comida e não se lembre do sabor inigualável e da textura tenra e suculenta que se apresentava. Pois um dos cortes que caíram no gosto dos apreciadores é a nuca, início do lombo cortado a partir da cabeça da carcaça e que possui uma carne firme, saborosa, magra e muito fácil de preparar, como nesta receita de Nuca de Porco ao Forno.


Ingredientes:
(para 4 pessoas)

1,5kg de nuca de porco
1 cebola grande picada
2 dentes de alho picadinhos
Pitadas de cominho em pó
4 colheres de sopa de azeite extra virgem
Uma colher de chá de gengibre fresco ralado
Duas xícaras de vinho branco seco
Uma colher de sopa de mostarda
2 folhas de louro
Uma colher de chá de tomilho desidratado
4 cravos da índia
Sal e pimenta preta moída na hora à gosto
2 xícaras de caldo de galinha

Preparo:

Misture numa vasilha os temperos: cebola, alho, cominho, gengibre, vinho, azeite de oliva, tomilho  e louro. Misture bem com um batedor ou mesmo garfo para emulsionar. Após estar bem homogêneo leve a geladeira por cerca de 15 minutos. Com um garfo fure a carne e em alguns destes furos crave os cravos. Espalhe a mostarda e em seguida a marinada de temperos. Deixe pegar gosto por cerca de 1 hora, unte um refratário com oliva e disponha a carne e o líquido da marinada, temperando com sal e pimenta. Aqueça o forno por 15 minutos a 200oC. Leve a carne para assar coberta com papel alumínio por cerca de 40 minutos. Retire o alumínio, coloque o caldo de galinha e asse por mais 20 a 30 minutos para dourar. Retire fatie sirva acompanhado de arroz branco ou batatas cozidas e salada verde.





Nenhum comentário:

Postar um comentário