quarta-feira, 3 de julho de 2013

A Sangria Espanhola!


 Além do futebol, Brasil e Espanha também disputam espaço quando o assunto é comida e bebida!

          Ainda sob o efeito da goleada da Seleção Brasileira de Futebol sobre a seleção espanhola na final da Copa das Confederações a matéria principal de hoje dedica-se a explorar os segredos de uma das bebidas mais emblemáticas daquele país – a Sangria – que, assim como a nossa mundialmente conhecida caipirinha – não é somente uma bebida, mas uma tradição centenária. Sangria em espanhol significa "derramamento de sangue" e a alusão é feita devido à coloração desta bebida que leva o vinho tinto seco como principal componente além de frutas frescas, açúcar, gelo e soda.
A Sangria teve origem ao Sul da Península Ibérica, especialmente à Região da Andaluzia, entre as famílias humildes, onde os andaluzes mais velhos conhecem a sangria das tascas e associam-na, quase sempre, às artes da tourada: Sangre del Toro (Sangue do Touro).  Mantem-se os vinhos, mas os ingredientes podem mudar de região para região. O certo é que é uma bebida própria para o verão, sendo servida em jarros, fresca e com muito gelo e utiliza-se de uma concha usada para obter frutos do fundo do jarro. As frutas acabam trazendo um visual colorido que, junto com a decoração do copo, da taça ou da jarra, dão um toque especial para o líquido, que, além de ter um sabor refrescante, tem um aroma suave. O preparo é simples, de acordo com o gosto de cada um. Suas variações mais conhecidas são servidas com vinho branco no lugar do tinto, chamado clericot, ou com opções como refrigerantes, água natural, com gás e sucos variados. Confira abaixo uma ótima receita de Sangria.



Ingredientes:

1 litro de vinho tinto seco
2 rodelas de limão siciliano
3 folhas de hortelã
1 dose de conhaque
2 doses de licor de laranja
1 laranja picada em cubos
3 maçãs verdes cortadas em cubos
3 rodelas de abacaxi picadas em cubos
1 pêssego cortado em cubos
2 ou 3 pauzinhos de canela
1 garrafa pequena de água tônica
3 colheres de sopa de açúcar amarelo

Preparo:


Em um copo grande, dissolva o açúcar em um pote de vidro. Quando o açúcar estiver completamente dissolvido, transfira a mistura para um jarro maior e junte o restante do vinho, licor, conhaque e da água tônica. Mexa ligeiramente e adicione as frutas em cubos (quanto menores forem os cubos, mais saborosa será a sangria). Acrescente o limão siciliano, a hortelã e os pauzinhos de canela, e deixe repousar durante 1h. Sirva bem gelada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário