quarta-feira, 6 de março de 2019

Casa Ferreirinha Papa Figos 2017 - elegância na taça!


Aprecio a vivacidade dos vinhos portugueses! Seus costumeiros cortes para elaboração de vinhos finos misturam o que as cepas revelam de melhor em suas características e o resultado são vinhos vivos, cheios de personalidade e com ótimo potencial de harmonização. Das suas diversas regiões produtivas minhas preferidas são o Alentejo e o Douro. E é desta última que vem o vinho comentado desta semana, o Casa Ferreirinha Papa Figos 2017, um blend que leva as castas Touriga Franca (40%), Tinta Roriz (30%), Touriga Nacional (15%) e Tinta Barroca (15%). Estagia 12 meses em barricas de carvalho francês, o que lhe traz elegância e equilíbrio.

Apresenta coloração rubi violáceo e ao nariz depois do primeiro ataque alcoólico, aromas com muita fruta – amoras, cerejas – flor de hibiscos, toque balsâmico, também café e tostado.  Em boca é seco com fruta negras e secas macerada e também café, seu final é longo e persistente.

Seu nome, Papa Figos, remete a uma rara ave migratória do Douro, prestando homenagem a essa bela região portuguesa.

Vai muito bem com carnes, risotos, massas, pizzas, escondidinho, assados ao forno bacalhau é claro e queijos médios.  

Possui 13,5% de graduação alcoólica e o ideal é ser consumido na temperatura de 16oC.

Você encontra os vinhos Casa Ferreirinha na Wein Haus, loja especializada em vinhos, localizada na Rua João Pessoa 895, Santa Cruz do Sul, fone (51) 3711.3665 e site www.weinhaus.com.br

E lembre-se: se beber, NÃO DIRIJA!     

2 comentários:

  1. A Ferreirinha costuma não ter preço no Brasil, já que o Papa Figos, in loco, custa cerca de 5 euros, idêntico a um Monte Velho. Porém, enquanto o Monte Velho chega em Pindorama por uns 50 reais, o Papa Figos bate em 90. É um bom vinho de entrada, mas tendo a não comprá-lo só porque o importador oficial não consegue preço bom.

    ResponderExcluir
  2. Ótima observação Flávio! Abraço

    ResponderExcluir