domingo, 26 de abril de 2015

Expovinis Brasil 2015 - um grande evento!

São Paulo sediou a 19ª. edição da maior feira de vinhos da América Latina que reúne 500 expositores e 5.000 rótulos

Os olhares do mundo para São Paulo nesta semana saíram da famosa esquina da Ipiranga com a São João, e foram para os pavilhões do Expo Center Norte, que abrigou mais uma edição de uma das mais importantes feiras vitivinícolas do planeta e a maior da América Latina. A Expovinis Brasil - Salão Internacional do Vinho – somou mais de 500 expositores que levaram ao público formado por profissionais do setor, importadores, sommeliers, blogueiros, imprensa, enófilos, compradores de grandes varejistas, restaurantes e amantes do vinho cerca de 5 mil rótulos para degustação em seus 3 dias de exposição.  




O evento é uma referência em negócios e tendências de vinhos para a América Latina e os expositores mundiais miram o potencial de consumo brasileiro estimado em 350 milhões de litros de vinho por ano podendo no médio prazo chegar a quase 1 bilhão de litros. A busca por parceria e importadores é um dos principais objetivos dos produtores. A Wines of Argentina – entidade que representa a maioria das bodegas hermanas, esteve em todas as edições e avalizou o evento como um grande prospector de novos negócios, podendo levar o que há de melhor nos vinhos argentinos para atuais e novos consumidores. E o Brasil é um ferrenho importador de vinhos argentinos assim como chilenos que juntos são responsáveis por 70% do total de volume de vinhos que entram no país. Só o Chile contribuiu com 50% nesta conta e Argentina com 18,9%, segundo dados de 2014 da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra).




Foi possível encontrar na Feira produtores de variadas regiões vinícolas, de dezenas de países, com destaque para os estandes da França, Portugal, Espanha, Itália, Chile, Argentina e Brasil que participou de forma maciça através do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), ocupando um dos maiores espaços do evento. 

Na sua 19ª edição atividades paralelas foram realizadas, como o projeto Dr. Wine, desenvolvido para atender quem está iniciando o próprio negócio ou ainda não tem consultoria de especialistas para montar uma carta de vinhos. A atividade possibilitou ao visitante marcar dia e horário para conversar com os consultores do evento, que deram dicas e sugestões para compor a carta de restaurantes, pizzarias e bares. 

Outra novidade em 2015 foram as Palestras Premium com verdadeiras aulas sobre o universo dos vinhos com os maiores especialistas do mercado, trazendo informações de forma descomplicada sobre os principais temas do momento. Para ministrar uma das Palestras Premium, veio de Londres o único Master of Wine brasileiro, Dirceu Vianna Junior que comandou a palestra ‘Ferramentas de vendas usadas em países europeus’. Além dos novos projetos, o ExpoVinis Brasil realizou as Degustações Premium, altamente concorridas durante o evento que trouxe ao público a oportunidade para quem quer engrandecer seu conhecimento sobre vinhos. “Com sessões experimentais e sensoriais, informam, ensinam e exemplificam, estimulando os paladares dos participantes”, explicou Ana Ishida, Ana Ishida, show manager da feira.  


Diariamente, também aconteceu o Glass Tasting Riedel: a marca de taças fez demonstrações de como uma taça pode influenciar na degustação de diferentes tipos de uvas e onde a forma (tamanho do bojo e diâmetro da borda) pode alterar significativamente o vinho, interferindo na percepção de seus aromas. O evento serviu ainda para estabelecer relacionamento e troca de informações com especialistas no setor. Enólogos, críticos, consultores, wine experts e blogueiros foram presenças constantes e recheadas de conteúdo, donde foi possível discutir tendências no cenário do vinho.


Anualmente a Expovinis elege os Top Ten, ou seja, os "dez melhores vinhos do Salão", um de cada categoria. Num total de quase 200 inscritos, o júri formado por especialistas do setor, elegeu os vinhos mais representativos, os Top Ten Expovinis 2015, eleitos por um júri formado por importantes profissionais do mundo do vinho, como o sommelier chileno Héctor Riquelme e Manoel Beato, sommelier-chefe do grupo Fasano, Celito Guerra (Embrapa-RS), Jorge Carrara (revista Prazeres da Mesa e site Basilico), José Luiz Borges Alvin (ABS-SP), José Luiz Pagliari (SENAC-SP), José Maria Santana (revista Gosto), Márcio Oliveira (Site Vinotícias), Mario Telles Junior (ABS-SP), Ricardo Farias (ABS-Rio), Roberto Gerosa (Blog do Vinho) e Tiago Locatelli (sommelier do grupo Varanda) com presidência do consultor Jorge Lucki – único membro brasileiro da tradicional Académie Internationale du Vin.
Confira abaixo a lista dos vencedores desta edição:

Espumante Nacional: Aracuri Brut Chardonnay 2013/Aracuri Vinhos Finos
Tinto Velho Mundo (II): A Sirio Rosso IGT 2007/Azienda Agricola Sangervasio
Tinto Novo Mundo: Renacer Malbec 2011/Bodega y Viñedos Renacer
Branco Importado: Casas del Toqui Terroir Selection Sauv. Blanc Gran Reserva 2014/Bodegas de Los Andes Comércio de Vinhos
Rosado: Saint Sidoine Côte de Provence Rosé 2014/Cellier Saint Sidoine
Fortificados e Doces: Alambre Moscatel de Setúbal 20 Anos José Maria da Fonseca
Tinto Velho Mundo (I): Pêra Grave Reserva Tinto 2011
Espumante Importado: Champagne Georges de la Chapelle Nostalgie/Champagne Georges de la Chapelle
Branco Nacional: Vigneto Sauvignon Blanc 2014/Vinícola Pericó
Tinto Nacional: Valmarino Cabernet Franc Ano XVIII 2012/Vinícola Valmarino














Nenhum comentário:

Postar um comentário